O LIVRO NEGRO DE LILI - Para adultos em noites de insônia foi escrito durante o confinamento do autor. São 53 contos, alguns com mais de cinco páginas, outros com uma linha só. Como este:

 

CONFINAMENTO 

Seu único desejo era sair e tomar um banho de suor no meio da multidão.

capalilidigital.jpg

Foi com o Livro de Lili que o autor foi alfabetizado no final da década de 1940. Mas, a nostalgia foi toda embora, cedendo lugar ao deboche, ao cinismo, à irreverência a todas as crenças, religiosas e políticas, e tem até resvalos para a pornografia. Esconjuro a censura, mas, por via das dúvidas, deixe o livro fora do alcance das crianças. Um dos contos mais interessantes é Génesis 19 para fazer contraponto com COVID 19.

Clique o título
CAPA JERUSALEM DESTRUIDA2.jpg
EU CIDADE B(1).jpg
capabruxasimplissimo.jpeg

QUATRO ROMANCES NA TRILHA DO REALISMO FANTÁSTICO

JERUSALÉM DESTRUÍDA e AS TRANÇAS NO PODER ja estão disponiveis, nas versões digital e impressa em vários sites (amazon.com.br , google play, apple stores...) e em algumas livrarias do Rio, São Paulo e Belo Horizonte. Em dúvida, clic em contato para se informar. EU, CIDADE - UMA HISTÓRIA EM DOIS TEMPOSUMA BRUXA NA JANELA estarão disponíveis em breve
clique na capa para ler um trecho

ARTIGO

ALVORADA DE BOATARIA

​​Uma das pragas que acompanha o flagelo da pandemia do COVID-19 é o boato, alguns ingênuos sobre os remédios caseiros miraculoss, outros perversos com segundas intenções políticas. O Brasil, se não estiver em primeiro lugar está no topo da lista  desse último tipo de boato e com um agravante: é o governo de Jair Bolsonaro e seus seguidores fanáticos que estão no topo da lista.

É incrível como essa gente continua mentindo e manipulando através das redes sociais repetindo tim-tim por tim-tim  o que fizeram a torto e a direita durante as eleições presidenciais. Só que agora estão jogando com a vida de milhares de pessoas, como é o caso de um vídeo anunciando que Israel já tem uma vacina contra o coronavírus e que, em breve, o Brasil receberá milhões de doses.

TOQUE AQUI PARA LER O ARTIGO INTEIRO

 

Teatrinho rápido e rasteiro

Papo virótico

     O Corona, dirigindo um Posch, encontrou seu primo  Sars na beira da estrada de muleta e rosto de velho carcomido.  Abriu a janela, tapou o nariz com um lenço de papel e perguntou:

     Corona - O que houve?

     Sars- Olha, eu quase só matei pobre nos cafundós da Africa e  da Asia e fiquei assim. Imagine você  com essa matança indiscriminada, levando para o beleléu até banqueiros. 

     Corona - Novos tempos, meu caro. Limpeza da espécie começa acabando com a velharia. O Adolfo e seus imitadores de araque estão comigo.

Fecha-se o pano. Sorte que o teatro está vazio.

Toque para mais teatrinhos

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram